Paralamas Forever
Paralamas
Forever
 
Agenda
A Novidade
A Paralamas Forever
Biografia da Banda
Clipes
Curiosidades
Discografia
DVD / VHS
Entrevistas
Festival Montreux
Fotos
Grammy
História
Inéditas e Regravações
Links e Mídias Sociais
Reportagens
VMB
Um a Um
E-mail
Home

 

PARALAMAS FOREVER


Design Gráfico:
Gilcemar Alves

Diretor e Responsável:
Rafael Michalawski

No ar desde:
15/11/1998

Página não-oficial dedicada a maior banda brasileira, Os Paralamas do Sucesso
 

Facebook Oficial Twitter Oficial 



 


 

 

 


Herbert Vianna

 

Acompanhe aqui um breve histórico do acidente sofrido por Herbert Vianna e que vitimou sua esposa Lucy.



14/04/2011 - Herbert Vianna é indenizado por fabricante do ultraleve devido à falha mecânica
 


10/10/2007 -
Laudo comprova que houve FALHA MECÂNICA no acidente com o Herbert

O laudo elaborado pelo Centro de Tecnologia da Aeronáutica de São José dos Campos, São Paulo, concluiu que o acidente com o ultraleve do Herbert Vianna, em 2001, foi causado por problemas técnicos da aeronave.

O cantor e compositor recebeu a informação por intermédio do seu pai, o brigadeiro Hermano Vianna. "A justiça está sendo feita", disse Herbert Vianna ao saber da notícia.

Em exames de laboratório, este pedaço do avião foi submetido a testes em uma estufa e os peritos constataram que "o material apresenta uma significativa degradação com a temperatura a partir de 40º C". Leia notícia completa no site do Terra.


09/10/2003
Herbert Vianna acaba de conquistar mais uma vitória. O cantor, que se recupera do acidente de ultraleve que sofreu em fevereiro de 2001, acaba de ser considerado apto para dirigir, pelo Hospital Sara Kubitschek, de Brasília, informou a coluna Vip Vupt, do jornal O Dia. Depois que recebeu a liberação, Herbert Vianna comprou um Mercedes, que será todo adaptado para ele. Até o final de outubro, o músico deve começar a dirigir.


24/09/2002 - Primeiro show dos Paralamas - p/ o Fantástico
"Amigos, parentes e funcionários da gravadora EMI foram os espectadores privilegiados, nesta segunda-feira, do primeiro concerto dos Paralamas do Sucesso desde dezembro de 2000, quando a banda iniciou o que seria uma pausa de seis meses que acabou se estendendo até a noite desta segunda-feira por conta do acidente com Herbert Vianna em 4 de fevereiro do ano passado.

A data é especial. Há 20 anos, no dia 9 de setembro de 1982, os Paralamas fizeram sua primeira apresentação com a formação definitiva num bar da Universidade Rural do Rio de Janeiro. Além disso, Luca, o filho mais velho de Herbert, completou 10 anos de idade. As tristezas foram deixadas de lado e prevaleceu a alegria no Espaço Odeon, na sede da gravadora em Botafogo. Dona Teresa, mãe de Herbert e a dinâmica Luciana, mãe de Bi Ribeiro, trocaram um longo abraço ao final do show, comemorando o que tinham acabado de assistir.

Em sua cadeira de rodas, Herbert tocou e cantou como nunca, com a voz mais límpida, total domínio da guitarra, utilizando um pad de efeitos colocado ao seu lado para mudar as regulagens com as mãos, substituindo a tradicional pedaleira. Lembrou todas as letras, fez solos, usou e abusou de suas novas expressões preferidas como 'negócio surreal' e 'astral total' , demonstrando a alegria do renascimento.

31/08/2002
O que era para ser uma comemoração de um ano da banda Reggae B, liderada pelo baixista Bi Ribeiro, virou uma grande festa, no meio de agosto de 2002, no Ballroom, no Rio. Enquanto os roqueiros se apresentavam, Bi surpreendeu a todos quando anunciou a presença de Herbert Vianna no local.

Herbert e Lulu Santos

Em poucos minutos, Bi Ribeiro, João Barone e Herbert subiram ao palco para tocar juntos. Depois de quase um ano e seis meses após o acidente de ultraleve que quase matou o vocalista dos Paralamas, o que parecia impossível de acontecer, estava diante dos olhos de uma platéia de sorte: os Paralamas do Sucessos estavam de volta.

Em seguida, outro convidado: Lulu Santos. Todos juntos, tocaram 'Assaltaram a gramática' - música de Lulu e Wally Salomão gravada pelos Paralamas no disco O Passo do Lui

Ao final, Lulu tomou a iniciativa e puxou: 'de novo, só que agora mais rápido'! E eles deram um bis. Para fechar com chave de ouro, o grupo relembrou o sucesso Meu Erro. 

11/05/2002
No dia 11 de junho, Herbert Vianna deu mais 1 demonstração da sua incrível recuperação ... Convidado a subir ao palco junto com Fito Paez, tocou e cantou o sucesso "Trac Trac" (do disco Os Grãos) ao lado do amigo !!!

14/10/2001
Pela primeira vez, Herbert fala da perda da mulher e de como pretende educar seus filhos: “Meu Deus do céu, como Deus me deu uma coisa tão dura na vida e levou a pessoa que eu amei tanto e estava tão impressa no meu coração? Se Deus quiser, um dia espiritualmente ainda vou encontrá-la e vou celebrar com ela e vai ser uma festa danada. Mas por enquanto eu quero continuar a vida, me dedicar muito aos filhos. Educá-los de forma tal a levá-los a ver que se trata de um ser humano que tem toda a carga emocional, toda a expectativa, toda a beleza, toda a boa vibração de um ser humano e que ele não pode ser julgado por como ele está andando. Ele tem que ser avaliado, ser valorizado de uma outra maneira. E a vibração surgiria daí, graças ao bom Deus”, diz Herbert.

O cantor chega ao hospital para o primeiro show depois do acidente. Os fãs aplaudem. A salva de palmas é de crianças que passam por tratamentos semelhantes ao de Herbert. A maioria, de famílias muito pobres. O Sarah é um hospital público, o que fez com que Herbert Vianna resolvesse improvisar lá uma apresentação: “O que eu acho mais bacana de enfatizar é que rede Sarah é uma instituição pública. O dinheiro aqui é público. Todo dia, a gente lê nos jornais notícias sobre a má utilização do dinheiro público. E isso, de uma coisa tão inovadora ter sido criada numa instituição pública no Brasil, e de mostrar que elas podem funcionar, isso traz um enorme orgulho”, ressalta Hermano Vianna.

“Eu queria dizer que é uma honra trazer um minutinho de alegria e ver a criançada, que está num estágio tão inicial da vida, mas que representa uma gota dourada de alegria no meu coração, muito forte” diz Herbert antes de começar o show.

Herbert canta no Hospital Sarah

Herbert relembra sucessos como “Óculos” e “Melô do Marinheiro”, além de um trecho de "O Que eu não disse".

Como nos shows dos Paralamas, teve de atender a pedidos. E justo na semana do aniversário de cinco anos da morte de Renato Russo, aproveitou para homenagear o amigo, cantando “Que país é este?”

Herbert Vianna aos poucos vai retomando a vida. Os médicos dizem que é preciso paciência. Não há compromisso com prazos, nem com metas de recuperação. A capacidade de adaptação do cérebro é imprevisível e surpreendente. Só há uma certeza: o show na enfermaria do hospital Sarah é apenas o primeiro de muitos que estão por vir."

26/07/2001
Herbert Vianna foi avaliado no Hospital Sarah Kubitschek, em Brasília, no período de 16 a 21 de julho de 2001, e, de acordo com os exames médicos, no futuro, Herbert terá condições de retomar suas atividades profissionais.

O cantor está paraplégico, mas mostra resposta de músculos da coxa. Como tratamento de fisioterapia, o líder da banda Paralamas do Sucesso faz exercícios dentro da piscina.

Ainda de acordo com laudo médico, no que se refere à lesão cerebral, estão preservadas as funções da linguagem, escrita, inteligência, atenção, criatividade, planejamento, cálculo, motivação e iniciativa. Ainda há instabilidade no funcionamento da memória recente.

14/06/2001
O juiz Luis Antonio do Valiera decidiu que não será arquivado o processo contra Herbert pelo acidente. O juiz alegou haver indícios de crime culposo e de perigo nos depoimentos das testemunhas.

18/05/2001 - MENSAGEM DO SR. HERMANO (PAI DO HERBERT) AOS FÃS

"Obrigado por sua preocupação. O Herbert continua se recuperando lenta e progressivamente. Ainda tem a memória recente prejudicada embora cada dia menos. As pernas ainda não respondem (dizem os médicos que ainda podem responder. É cedo ainda.) . Alimenta-se bem e faz terapia ocupacional, fisioterapia e estimulação elétrica das pernas diariamente. Já toca um pouco o violão e canta embora ainda com alguma dificuldade nos agudos. Continue rezando que precisamos muito disto. Paciência ! É coisa para um ano ou mais. Um abraço Hermano"

28/04/2001
Herbert se recupera bem, já tocou Lanterna dos Afogados, Nirvana e George Harrison. Tocou e cantou. Começa a reconhecer e lembrar de mais pessoas. Segundo os médicos ficará 100% curado das lesões no cérebro .

30/03/2001
Herbert Vianna está cada dia mais consciente. Já falou da mulher, Lucy, três vezes, mas ainda não perguntou diretamente por ela. Até hoje, Herbert Vianna não sabe do destino da mulher. "Ele dialoga até um certo ponto, responde algumas perguntas, mas depois perde a atenção", explicou, ao Estado de S. Paulo, o neurocirurgião Paulo Niemeyer. "Mas está começando a se dar conta da situação".

20/03/2001
Herbert Vianna já está em casa. Ele recebeu alta do hospital Copa D'Or. Em casa ele será acompanhado por uma equipe de médicos, enfermeiras e fisioterapeutas especialmente contratados para o caso. Ele já reconhece algumas pessoas, tem consciência de que já está em casa, cantarola e reconhece músicas suas, entende alguma coisa e já se encontra quase lúcido. Ainda está paraplégico, mas isso poderá ser recuperado com fisioterapia.

17/03/2001
Segundo a fisiatra Ana Luiza Marques Baptista, a amnésia traumática de Herbert Vianna, que o impede de lembrar-se dos momentos do acidente e de internação, pode retardar os resultados da fisioterapia. Herbert reage bem, já cantarola músicas, reconhece algumas pessoas, assiste televisão (apenas canais de esporte e música para que não corra risco de ver algo sobre seu acidente) e deve ter alta no fim da semana que vem quando ficará em tratamento em casa.

09/03/2001
Herbert Vianna está paraplégico "no momento", disse nesta quinta-feira o neurocirurgião Paulo Niemeyer Filho. O médico afirmou que o quadro poderá ser revertido. Serão necessários alguns meses ou até um ano para confirmar se o líder dos Paralamas do Sucesso vai ficar ou não paraplégico, segundo o médico. Existem 50% de possibilidades de o quadro ser revertido. Segundo o médico, o cantor continua alternando frases em português e inglês, já reconhece as pessoas e consegue articular pequenas frases de forma normal.

02/03/2001
Em 10 dias Herbert poderá receber alta. Ele já se alimenta pela boca normalmente, reconhece algumas pessoas, pronuncia palavras em português e inglês, passa um bom tempo sentado na cama e já tem momentos de total lucidez.

28/02/2001
Herbert já não se encontra mais em coma e não corre mais risco de vida. Encontra-se na escala 13 de Glasgow (que vai de 3 a 15). Responde a estímulos sensoriais e de voz, articula palavras com os médicos e com a família.

17/02/2001
Herbert Vianna foi operado no punho esquerdo para corrigir sua anatomia abalada durante o acidente com o ultraleve. Dois pinos de aço foram colocados no punho esquerdo do guitarrista.
Após a cirurgia  o ortopedista Pedro Ivo Carvalho, explicou que a fratura poderia comprometer o movimento da mão de Herbert. Ele está de olho aberto, está ligado.  Herbert Vianna continua na CTI e a previsão é que ele saia de lá na próxima semana. Ele já está no nível 9 do coma (chegando em 15 ele já está fora de risco, quando entrou no hospital estava no nível 4), deve estar consciente em pouco tempo, no meio da semana que vem.

10/02/2001
Herbert Vianna já começa a reagir na respiração. Neste sábado, os sedativos foram totalmente suspensos. "Os aparelhos continuam ligados, mas ele já começa a respirar por conta própria", disse o Dr. Niemeyer, explicando que sempre que o cantor respira sozinho a máquina pára de funcionar.  Niemeyer cogita que Herbert saia do coma dentro de uma ou duas semanas. "Ele está num bom caminho, está respondendo rapidamente dentro da gravidade do caso", afirmou. Além disso, "Herbert está reagindo a estímulos dolorosos nos dois braços, mesmo estando em coma", disse.

07/02/2001
Após o exame feito pela manhã, constatou-se que a maior das lesões que Herbert tinha, e que já preocupava a equipe, havia aumentado e que em conseqüência disso o paciente poderia morrer subitamente. Por isso, decidiu-se pela intervenção. O pneumologista João Pantoja disse que a traqueostomia, feita antes da cirurgia propriamente dita, foi realizada pelo fato de Herbert ser cantor e a técnica, que abre um orifício na traquéia pelo pescoço, não pressionar as cordas vocais. 

06/02/2001
"Estamos encarando tudo com um otimismo cauteloso", disse João Pantoja, pneumologista e diretor da clínica Copa D'Or, onde Vianna está internado. O músico teve traumatismo craniencefálico, lesões na base dos dois pulmões e esmagamento da 12ª vértebra da coluna. Niemeyer disse que algumas lesões no cérebro diminuíram, sinal de que estão sendo absorvidas. Mas ressaltou que ainda existem muitas lesões e que ainda é cedo para avaliar se elas deixarão alguma seqüela.

04/02/2001
Herbert Vianna e sua mulher Lucy Needham Vianna, 36 anos, sofreram um acidente com um ultraleve em Angra dos Reis, litoral Sul do RJ, próximo ao Hotel Portobello. Herbert estava no comando e teria perdido o controle da aeronave ao tentar fazer um looping. Lucy faleceu na hora.

Herbert Vianna está internado em estado de coma e foi submetido a uma cirurgia para colocar um transistor intra-cerebral, que controlará sua pressão craniana, de acordo com o primeiro boletim médico divulgado pelo Hospital Copa D´Or, onde está internado.

Voltar p/ Herbert Vianna